Utilizamos cookies para tornar a sua visita ao nosso website mais agradável. Mais informação

Wolfoil Corporation

Lubrificação de motores de pesados: categorias de óleo

As diferentes normas e especificações categorizam o complexo mercado dos lubrificantes de pesados. Neste blog, mostramos-lhe como funcionam estas categorias.

Technical Expertise

As categorias de óleo ajudam os proprietários de oficinas a encontrar o óleo perfeito para o seu próximo trabalho de manutenção e permitem aos proprietários de frotas encontrar a forma mais eficiente para lubrificar todos os seus veículos. Mas o que são estas categorias e quem as cria?

ACEA
A Associação de Construtores Europeus de Automóveis, ou ACEA, desenvolveu uma sequência de óleos utilizada atualmente em toda a Europa. A sequência define parâmetros mensuráveis para óleos de motor, categorizando diferentes óleos para diferentes aplicações. Mas como é que isto afeta a gestão da sua frota?

As categorias de óleo necessárias para manter o motor bem lubrificado estão indicadas no manual de cada veículo. Isso permite-lhe adquirir os óleos oferecidos pelas misturadoras de óleo com os requisitos da sua frota, permitindo-lhe escolher o mais adequado para o seu caso.

Atualmente, existem 3 categorias de óleo API ativas:

A/B

Óleos de motor Service Fill para motores a diesel de ligeiros e a gasolina

C

Motores a diesel de ligeiros e a gasolina equipados com dispositivos de pós-tratamento

E

Motores a diesel de pesados



A maioria das aplicações pesadas todo-o-terreno podem ser colocadas sob a categoria ACEA E. A categoria está dividida em diferentes subcategorias, existindo atualmente quatro ativas: E4, E6, E7 e E9. Mas não se deixe enganar por este sistema, um óleo ACEA E9 não é necessariamente melhor do que um óleo de uma das outras categorias! Cada categoria contém um conjunto de óleos que podem ser utilizados para a manutenção de vários tipos de veículos, o que significa que são categorizados de acordo com a aplicação, não com a qualidade.

Nomenclatura: cada subcategoria de óleo é seguida por um número. Este número indica a versão da subcategoria e é baseado no ano do seu lançamento. Por exemplo: E9-16


As categorias E4, E6, E7 e E9 ativas atualmente possuem algumas propriedades de base de referência em comum:

  • graduação estável: todos os óleos retêm a sua viscosidade num amplo intervalo de diferentes temperaturas, do arranque a frio às temperaturas de funcionamento
  • diferentes propriedades ajustáveis: limpeza dos pistões, controlo do desgaste, controlo da fuligem e estabilidade do lubrificante
  • podem ser utilizadas em: motores EURO I, II, III, IV e V, ou STAGE I, II, IIIA, IIIB, IV, V para máquinas todo-o-terreno

O esquema abaixo demonstra as propriedades do óleo de motor e a utilização por categoria ACEA.

 

High SAPS

Low/Mid SAPS

Desempenho das mudanças de óleo significativamente prolongado

E4

·        Alguns motores com EGR

·        Algumas unidades SCR sem DPF

·        Pode ser utilizado com diesel de alto teor de enxofre

E6

·        Motores com EGR

·        Motores com NOx do DPF/SCR

·        Apenas diesel de baixo teor de enxofre

Intervalo entre mudanças de óleo prolongado

E7

·        Maioria dos motores com EGR

·        Maioria das unidades SCR sem DPF

·        Limpeza adicional dos pistões

·        Polimento adicional da cilindrada

·        Pode ser utilizado com diesel de alto teor de enxofre

E9

·        Maioria dos motores com filtros de partículas ou SCR

·        Motores com DPF

·        Apenas diesel de baixo teor de enxofre

 

Tipicamente de estrada: Euro V

Tipicamente todo-o-terreno: Stage IIIA

Tipicamente de estrada: Euro V/VI

Tipicamente todo o terreno: Stage IIIB, Stage IV/V


A atualização de 2016: responder a tendências de mercado

Os avanços tecnológicos são o principal impulsionador por trás do desenvolvimento de novas categorias de óleo ACEA e atualizações de categorias de óleo. A mais recente adição foi a atualização da ACEA 2016; esta atualização incluiu diferentes alterações para todas as quatro categorias de óleo atuais:

  • novo teste de biodiesel para garantir a compatibilidade do biodiesel: ACEA E6 e E9
  • novo teste de oxidação do biodiesel: ACEA E4/E6/E7/E9
  • novas formulações para cumprir com os mais recentes regulamentos europeus de segurança (REACH): ACEA E4/E6/E7/E9
  • teste alterado para permitir o teste da carga de fuligem inferior: ACEA E9

API

A API desenvolveu categorias de óleo com base em diferentes propriedades de produtos para a indústria norte-americana. Uma das principais diferenças entre as categorias de óleo prende-se com o facto de as categorias API serem retrocompatíveis. O que significa que um óleo API CK-4 pode ser utilizado num veículo que utilizava anteriormente um óleo mais antigo das categorias API CJ-4, CI-4… Atualmente, existem quatro categorias de óleo ativas para aplicações pesadas de estrada:

CH-4

 

·        Normas relativas a emissões de escape de 1998

·        Diesel de alto teor de enxofre

CI-4

 

·        Normas relativas a emissões de escape de 2004

·Proteção de sistemas EGR

·        Diesel de alto teor de enxofre

CJ-4

 

·        Normas relativas a emissões de escape de todo o terreno Tier 4

·        Proteção de sistemas DPF

·        Diesel de baixo teor de enxofre

CK-4

 

·        Categoria mais recente

·        Normas relativas a emissões de escape de todo o terreno Tier 4

·        Diesel de baixo teor de enxofre

·        Proteção adicional contra a oxidação, corte e aeração

·        Resistência aumentada contra o desgaste do motor, depósitos nos pistões e espessamento do óleo causado pela fuligem



A última categoria de óleo CK-4 é a resposta da API às mais recentes necessidades do mercado. Na tabela seguinte ligámos as mais recentes evoluções relativas ao equipamento com as propriedades da categoria CK-4 para tornar este aspeto mais claro:

Sistema físico

Requisito de óleo CK-4

Motores a diesel modernos e de elevado desempenho equipados com sistemas de pós-tratamento, como o DOC, SCR e DPF.

·        Não contém potenciais componentes que possam danificar os sistemas de pós-tratamento.

Motores a diesel modernos que funcionem a pressões, taxa de fluxo de óleo e temperaturas de funcionamento elevadas.

·        Resistência à aeração: previne a formação de bolhas e espuma no óleo. Estas bolhas de ar obstruem a dispersão de calor.

·        Prevenção da acumulação de depósitos nos pistões.

Motores a diesel modernos eficientes em termos de combustível

·        Estabilidade de corte aumentada para evitar a degradação mecânica das moléculas de óleo quando colocadas sob os elevados níveis de esforço que se verificam nestes designs de motores eficientes em termos de combustível.

·        Um óleo de baixa viscosidade com capacidade para formar uma forte película de óleo. Desta forma, o atrito interno é reduzido, sendo preservada uma lubrificação otimizada.



A complexidade de encontrar o óleo certo

Ter que comparar os óleos que melhor se adequam às suas aplicações pode ser entediante ao utilizar as normas criadas pelos organismos oficiais.

A ferramenta de pesquisa de lubrificantes topo de gama da Wolf mostra-lhe, em segundos, os lubrificantes ideais para o seu veículo. Não só lhe mostra o melhor óleo de motor para as suas necessidades, como também lhe fornece informações sobre os fluídos e massas lubrificantes ideais para todos os outros pontos de lubrificação do veículo

Selecionar uma gama de produtos diferentes para cobrir uma frota inteira é um processo complexo, mas os nossos especialistas estão treinados para selecionar o portfólio de lubrificantes ideal para dar resposta às necessidades específicas da sua frota. Um portfólio de lubrificantes bem adaptado permite-lhe reduzir a complexidade da manutenção de uma frota mista e ajuda a reduzir os custos de manutenção. Certifique-se de que pede ao seu representante de vendas Wolf o portfólio de lubrificantes ideal para o seu negócio.

Resumo:

  • A API e a ACEA categorizam os óleos de motor
  • As categorias de óleo tornam o mercado dos lubrificantes mais transparente
  • As categorias são atualizadas para cobrir as mais recentes necessidades do mercado
  • A Wolf dispõe de conhecimentos internos e ferramentas para o ajudar a selecionar os produtos mais adequados para sua frota

A WOLF DESENVOLVE PARA MOTORES DE ÚLTIMA GERAÇÃO O NOVO 0W20 C6 F

Acompanhando de perto a evolução da tecnologia automóvel, os engenheiros de investigação e desenvolvimento da Wolf criaram um lubrificante de última geração: o WOLF OFFICIALTECH 0W20 C6 F. Concebido para dar vida aos motores Ford EcoBlue, o 0W20 C6 F é um dos primeiros lubrificantes a chegar ao...

Saiba mais

Wolf Lubricants launches IVECO EURO 6 engine oil

Wolf Lubricants has launched an innovative new engine oil for the IVECO Stralis trucks fitted with EURO 6 Cursor engines and equipped with the fuel economy pack (FEP1).

Saiba mais

Wolf Oil Corporation blends sustainability and racing in new cooperation with German endurance team

Wolf Oil Corporation is delighted to announce its new partnership with a truly unique sustainable racing team, Four Motors.

Saiba mais